Logo  
Notcias Artigos Calendrio Frum Websites Downloads Imagens Votaes
  Artigos  
Comunidade
Livro de Visitas
Frum
Eventos
Votaes
Websites
Pessoal
Entrar
Registar
Artigos Minimizar
Favoritos Minimizar
Calendrio Minimizar
Julho
s t q q s s d
1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24
25
26 27
28 29 30 31
Dicas/Beleza e sade: Proibido o uso de escova progressiva nos sales de beleza.
Colocado em 17 Maio 2005 s 10:48:53 por Sylvia Vernica. | Imprimir Artigos Enviar a um amigo

Dicas/Beleza e saúde: Proibido o uso de escova progressiva nos salões de beleza.


Beleza
Proibido o uso de formol nos sales

Utilizao de escova progressiva no alisamento provoca problemas respiratrios e queimadura no couro cabeludo

Sylvia Vernica

Considerada uma das melhores invenes da indstria cosmtica para o alisamento de cabelos, a escova progressiva est proibida pela Agncia Nacional de Vigilncia Sanitria (Anvisa), caso o produto utilizado traga formol na frmula. que a substncia provoca graves reaes quando inalada, ingerida ou em contato com a pele e o couro cabeludo (leia quadro).

A escova progressiva um mtodo de alisamento capilar, como a escova francesa, o alisamento japons e a escova definitiva. Hoje, a escova progressiva o mtodo mais comum porque deixa o cabelo com aspecto mais natural e no to lisos como o efeito da escova definitiva.

A proibio do uso de formol em tcnicas de alisamento foi determinada depois que 332 mulheres do Rio de Janeiro procuraram a Vigilncia Sanitria Municipal para denunciar que tiveram graves reaes substncia aps realizar a escova progressiva, como queda do cabelo, ardncia nos olhos, queimaduras no couro cabeludo e problemas respiratrios.

A Vigilncia Sanitria do Rio multou 36 sales de beleza e interditou outros dois, descobrindo que os cabeleireiros misturavam formol e queratina para, em seguida, colocar nos cabelos das clientes para alis-los. O uso do formol em alisamentos nunca foi autorizado pelo Ministrio da Sade.

Conheo mulheres que foram parar na emergncia depois de uma sesso de alisamento com formol. Uma vez, estava numa sala onde o produto era usado e tive uma crise respiratria. muito forte e prejudicial, conta a cabeleireira Rai Rios.

A administradora de empresas Ana Ferreira, 34 anos, teve uma experincia traumtica com o formol. Fiz a escova progressiva sem saber que era formol ou que corria tantos riscos. Na hora, senti os olhos arderem e, dias depois, meu cabelo comeou a cair. Sorte que foi apenas numa regio pequena do couro cabeludo, que ficou extremamente irritado. Hoje, prefiro meu cabelo natural. Fao apenas hidratao, comentou.

Substncias Amnia, hidrxido de sdio, guanidina e ltio so as substncias utilizadas nas escovas progressivas e semidefinitivas. Antes de escolher qual a mais adequada, preciso fazer uma avaliao do cabelo, levando em conta qual dessas substncias j foi utilizada naquele cabelo, para que seja mantida e no comprometa a sade dos fios, explica o cabeleireiro Alberto Dias.

A escova semidefinitiva feita em uma sesso que custa, em mdia, a partir de R$ 200. O mtodo amolece a queratina, protena que forma os fios, e d a forma desejada: lisa ou ondulada.

Antes de sentar na cadeira do cabeleireiro e iniciar uma tcnica de alisamento, o consumidor deve exigir do profissional todas as informaes sobre o produto utilizado e pedir, inclusive, para ver a embalagem. O cheiro do formol facilmente identificado por ser bem mais forte que o das outras substncias.

Com o produto em mos, o usurio deve verificar se registrado no Ministrio da Sade, como determina a Lei 6.360/76. O registro s concedido depois que o fabricante apresenta documentos e informaes tcnicas que asseguram a segurana e a eficcia.

Pode causar cncer


A Agncia Internacional de Pesquisa em Cncer (Iarc) concluiu que o formol ou formaldedo carcingeno para humanos, ou seja, pode causar cncer. um composto lquido claro e tem diversas aplicaes, servindo como preservativo, desinfetante e anti-sptico.

eficiente para embalsamar cadveres, na confeco de seda artificial, celulose, tintas e corantes, solues de uria, resinas melamnicas, vidros, espelhos e explosivos.

Outras funes desse cido poderoso so dar firmeza aos tecidos; compor frmulas de germicidas e fungicidas agrcolas; na produo de borracha sinttica e no endurecimento de gelatinas, albuminas e casenas.
Fonte: Instituto Nacional do Cncer - Inca

Efeito devastador


Pele - Causa irritao, vermelhido, dor e queimaduras.

Olhos - Causa irritao, vermelhido, dor, lacrimao e viso embaada. Altas concentraes causam danos irreversveis.

Inalao - Pode causar cncer no aparelho respiratrio, dor de garganta, irritao do nariz, tosse, diminuio da freqncia respiratria, irritao, sensibilizao do trato respiratrio, graves ferimentos nas vias respiratrias, edema pulmonar e pneumonia. Fatal em altas concentraes.

Exposio crnica - A freqente ou prolongada exposio pode causar hipersensibilidade e dermatites. O contato repetido ou prolongado pode causar reao alrgica, debilitao da viso e aumento do fgado.

Ingesto - Causa dor na boca e faringe, dores abdominais, diarria, nuseas, vmito, perda de conscincia, vertigem, coma e morte por falncia respiratria. Pode causar tambm dificuldade de urinar, convulses, estupor, inflamao e ulcerao.
Fonte: Agncia Nacional de Vigilncia Sanitria

 

Voltar
 
Nome Utilizador Minimizar
Nome Utilizador
Palavra-Passe
Memorizar Login
Esqueceu-se da Palavra-Passe?
Email
Registar
Membros Minimizar
Nmero de Membros: 546
-Activos:537
-Inactivos:9
Nr Visitas : 485014

Membro Aleatrio
Contadores Minimizar
Cliques Visitantes
Hoje 3 3
Ontem 826 382
Dia Top 19.262
(27/01/10)
35.670
(27/01/10)
Total 1.697.917 1.179.464
Online Minimizar

Staff Staff | Membros | Visitantes | Masculino | Feminino
GeoIP Data file Minimizar
Visubox Minimizar
Citao Aleatria Minimizar

 

 

 Ligue 180 auxilia mulheres vítimas de violência

Ligações à Central de Atendimento à Mulher
podem ser feitas gratuitamente de qualquer parte do País.

O serviço funciona diariamente, 24 horas, inclusive nos feriados
e finais de semana.

 

------

----

 

Imagem Aleatria Minimizar
 
 © 2002-2014 - Contactar Proprietrio do Site - matheusmelo (a) portalmulher.net - Desenhado com ASP-Nuke community v1.4 SP4
Termos de Servio - Poltica de Privacidade - Direitos (Copyright)
Pgina processada em: 0,8594 segundos.
 
Verso de Impresso Verso de Impresso